ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA E SOCIEDADE NACIONAL

R$51,00

Disponível por encomenda

ISBN13: 9788539109272 Categoría:

O tema deste livro é o dessa dupla construção política – a construção de um estado-nação independente e a construção de uma sociedade que rejeite a desigualdade econômica e a desigualdade racial – tendo como foco a luta contra o trabalho escravo. A questão deste livro é saber em que medida está o Estado brasileiro capacitado para erradicar essa exploração radical que é o trabalho-escravo. Em cada país ou estado-nação, o Estado é o instrumento por excelência de ação coletiva da nação. é através dele que uma sociedade nacional moderna busca alcançar os grandes objetivos políticos de segurança, bem-estar econômico, liberdade individual, justiça social e proteção do meio ambiente. Mas para que o Estado possa realizar essa tarefa ele precisa ser capaz, ou seja, ele precisa ser forte, legitimado politicamente pelo apoio de uma nação razoavelmente coesa. Nos 25 anos que se seguiram à transição democrática nós tivemos uma nação que era razoavelmente coesa, comprometida com a democracia, o desenvolvimento econômico e a diminuição das desigualdades. A Constituição de 1988 foi o resultado desse grande acordo de classes. A luta contra o trabalho escravo, que este livro conta, está inserida nesse projeto maior. Do prefácio de Luiz Carlos Bresser-Pereira Roseane Barcellos Marques, doutora em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas/SP, é professora no Programa de Mestrado e Doutorado em Hospitalidade na Universidade Anhembi Morumbi. Participa do Grupo de Estudos Econômicos do Novo Desenvolvimentismo. Tem como linha de pesquisa: hospitalidade na competitividade em serviço (Anhembi Morumbi) e transformações do Estado e políticas públicas (FGV/SP).

Informação adicional

Dimensões 21 × 28 cm
Formato do produto

Idioma

Seja o primeiro a avaliar “ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA E SOCIEDADE NACIONAL”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Avaliações

Não há comentários ainda.

Menu